Bienal do Livro 2016 – Eu fui!

Como uma boa leitora, mesmo preferindo livros digitais (sem julgamentos gente, não sou radical, leio tanto no papel quando no kindle, ipad ou iphone), fui na Bienal.

Vários stands diferenciados, booktubers, novos autores, decorações inspiradas em livros.. Tudo lindo!

Muitas pessoas, fotos, compras, marcadores. Resultado Final: uma lista imensa de livros novos pra ler… Acho que por mais que eu leia, não terei tempo de reduzir a lista pela metade.

O que mais me deu vontade? Após tirar foto a caminho de Hogwarts (pra quem não me conhece é só olhar aí embaixo) quero muito ler o livro novo.  Chega em português só no dia 31/10 (dia das bruxas… coincidência? Dúvido).  To quase vencendo a preguiça e comprando pra ler em Inglês. Se fizer isso conto aqui, sem spoiller, prometo.

harrypotter

 

Minhas Impressões:

  • Achei bem mais vazio que a última.
  • Os preços não estavam super bons. Era preço de internet só que sem frete.
  • A maior parte das promoções eram de livros antigos, principalmente os que foram bestsellers.
  • Vi numa reportagem da Folha que em 2014 teve 720 mil visitantes, esse ano 684 mil (Kd os outros 36.000 leitores??)
  • Tinha vários autores autografando seus livros, mas o que mais gerou movimentação foram os youtubers.
  • Achei muito legal autores brasileiros, novos, promovendo seus próprios livros nos estandes.
  • As maiores livrarias fizeram decorações lindas!
  • Destaque para a decoração da Rocco (Harry Potter)
  • Outra decoração que fez sucesso foi o trono do Game of Thrones (Saraiva). Tinha uma fila imensa pra tirar fotos.
  • Teve apresentações de músicas
  • Para quem tem filhos ou alunos, tinha várias opções de livros infantis.

Eu tento ir em todas. Alguns amigos reclamaram que estava muito caro, que era mais fácil comprar o livro pela internet, mas acho que valeu a pena, principalmente se pensar que o valor do ingresso é pela experiência. A Bienal é mais que um conjunto de livrarias vendendo livros.

Mais alguém foi? O que achou? É só comentar!

You may also like

2 Comments

  1. Que ótimo que gostou!
    Concordo com você em relação ao pessoal na praça de alimentação.
    Até tinha cantinho de descanso. Pequeno, mas era um cantinho, com fones em ipads conectados ao Spotify…
    #partiurioanoquevem

  2. Eu ameiii a Bienal!

    Como foi a primeira vez que fui, não tenho como comparar com as anteriores. E olha que não comprei nenhum livro! Para quem me conhece sabe que isso é um degrau alto de maturidade da minha parte! Rs

    Sobre as observações, também achei os preços iguais da internet e alguns até mais caros.

    Me decepcionou o stand da Editora Intrínseca, achei pequeno, muito básico e não tinha todos os livros da minha queridinha (Jojo Moyers).

    Realmente a decoração da Rocco estava incrível, tanto para tirar a foto (como a sua acima) como a decoração interna do Harry Potter e da Clarice Lispector.

    Achei que na praça de alimentação, as pessoas poderiam deixar quem quisesse comer sentar, percebi com a turminha que eu estava, que muitos estavam descansando e não se alimentando, e isso nos deixou desconfortáveis na “horinha do rango”

    Eles poderiam pensar nas próximas em um cantinho do descanso!

    Achei incrível a quantidade de literatura infantil, e os bons preços deles.

    No stand do Sesc tinha um cara lendo para as pessoas que estavam descansando, e de forma leve, pedaços pequenos e foi super bacana!

    Enfim, só posso esperar ir de novo em 2018, ou quem sabe dar um pulinho no Rio de Janeiro no ano que vem!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *